Porto Velho discute justiça climática e desenvolvimento urbano sustentável em encontro regional do ICLEI

Porto Velho discute justiça climática e desenvolvimento urbano sustentável em encontro regional do ICLEI
Prefeitura de Porto Velho foi representada pelo secretário municipal de Meio Ambiente

Prefeitura de Porto Velho foi representada pelo secretário municipal de Meio Ambiente


Porto Velho discute justiça climática e desenvolvimento urbano sustentável em encontro regional do ICLEI

Por Assessoria/Prefeitura
Publicada em 04/08/2022 às 09h51

Secretário Municipal de Meio Ambiente representou Porto VelhoO município de Porto Velho marcou presença no 1º Encontro Regional do ICLEI Amazônia, realizado na cidade de Barcarena, no Pará. Representando a Prefeitura, o secretário municipal de Meio Ambiente, Alexandro Miranda Pincer, representou a Prefeitura e participou da temática: “Governos locais na atuação por justiça climática e desenvolvimento urbano sustentável”.

O ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade é uma organização sem fins lucrativos, que forma uma rede global de mais de 2.500 governos locais e regionais, comprometida com o desenvolvimento urbano sustentável. A associação mundial é ativa em mais de 125 países e influencia na criação de políticas de sustentabilidade, além de impulsionar a ação para o desenvolvimento de baixo carbono, baseado na natureza, equitativo, resiliente e circular.

Pincer foi um dos ministradores do segundo dia na sessão do Fórum de Cidades Pan-amazônicas (FCPA), de tema “Governos locais como agentes de mudança e líderes na ação climática da região amazônica. O painel de lançamento do Grupo de Apoio Técnico de Mentoria (GATM), do projeto Amazônia pelo Clima (ApC) também contou com a colaboração do secretário.

O encontro baseou-se no contexto de que a região amazônica detém um ecossistema essencial para o planeta, pois é responsável pela manutenção do clima local e global. O Brasil representa 60% da Bacia Amazônica, que engloba mais da metade das florestas tropicais remanescentes e abriga a maior biodiversidade do mundo.

Dentro dessa realidade, desde 2019 o ICLEI América do Sul está cada vez mais atuante na região amazônica, fortalecendo as relações com atores locais e autoridades governamentais, e cada vez mais iniciativas e projetos estão sendo desenvolvidas para conhecer os desafios da dinâmica urbana do território e ajudar a pensar em soluções capazes de promover o desenvolvimento sustentável com a manutenção da floresta no país.