Covid-19: Porto Velho segue com baixa adesão infantil à vacinação; crianças a partir de 3 anos já podem ser vacinadas seguindo recomendações do MS

Covid-19: Porto Velho segue com baixa adesão infantil à vacinação; crianças a partir de 3 anos já podem ser vacinadas seguindo recomendações do MS
Até o momento, apenas 43,2?s crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose em Porto Velho

Por Assessoria/Prefeitura
Publicada em 03/08/2022 às 11h45

Até o momento, apenas 43,2% das crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose em Porto Velho

Com mais de 950 mil doses de vacina contra a covid-19 aplicadas em Porto Velho, a Prefeitura reforça o pedido de comparecimento da população aos pontos de vacinação. O apelo é intensificado ao público infantil que segue com uma taxa de adesão preocupante.

De acordo com os dados do Vacinômetro do município, até o momento, apenas 43,2% das crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose em Porto Velho. O percentual é menor para a segunda aplicação com apenas 19,5% do público total, que é de mais de 50 mil crianças.

No último mês, o grupo etário de 3 e 4 anos foi autorizado pelo Ministério da Saúde (MS) a receber o imunizante contra a doença.

“A procura do público de 5 a 11 anos já estava baixa e agora a das crianças de 3 e 4 anos está mais baixa ainda. A Semusa está sempre buscando estratégias de imunização e aumento da cobertura vacinal, pois a redução significativa nos casos graves da doença está relacionada com a oferta de vacina”, explica Marina Martellet, enfermeira da Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Atualmente, a vacinação segue disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no ponto de aplicação do Porto Velho Shopping. Para a vacinação infantil é obrigatória a presença dos pais ou responsáveis.