Câmara vai ouvir Marcos Valério sobre ligação entre PT e PCC

Câmara vai ouvir Marcos Valério sobre ligação entre PT e PCC
Ex-publicitário Marcos Valério, pivô do mensalão

Ex-publicitário Marcos Valério, pivô do mensalão, vai falar sobre o assunto durante audiência na Comissão de Segurança na Casa

Câmara vai ouvir Marcos Valério sobre ligação entre PT e PCC

Foto: Reprodução/PF-MG

 

Receba nossa Newsletter

Preencha o campo abaixo com seu melhor e-mail  

Ao clicar em "OK", você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.

A Comissão de Segurança Pública da Câmara tomará, na próxima quinta-feira (14), o depoimento do ex-publicitário Marcos Valério, pivô do mensalão, para dar detalhes sobre a relação do PT com o PCC.

Segundo Valério, que recebeu a maior condenação (40 anos de cadeia) entre os investigados, disse em depoimento à Polícia Federal que Ronan Maria Pinto, empresário do ramo de transportes, teria chantageado Lula para não revelar detalhes de como funcionava o esquema de arrecadação ilegal de recursos para financiar petistas.

O depoimento foi revelado por Veja.

“Nós queremos saber se Lula foi o mandante do crime contra Celso Daniel. Nós queremos saber quais as relações do PT com o crime organizado”, disse o vice-líder do governo Coronel Tadeu (PL-SP).

“Um partido que tem relações com organizações criminosas precisa ser banido da política. E um sujeito que é mandante de um crime contra o prefeito de uma cidade não pode disputar uma eleição a presidente”, acrescentou.