Jogando em casa, Atlético-MG vence Flamengo por 2 x 0 e volta ao G4

Jogando em casa, Atlético-MG vence Flamengo por 2 x 0 e volta ao G4
Nacho aproveitou o rebote e abriu o placar aos 34 da primeira etapa. No fim do segundo tempo, Ademir completou o placar para o Galo

Nacho aproveitou o rebote e abriu o placar aos 34 da primeira etapa. No fim do segundo tempo, Ademir completou o placar para o Galo

Raphael Costa

19/06/2022 17:53,atualizado 19/06/2022 17:53

Nacho Fernández comemora gol

Pedro Souza / Atlético-MG

Em um duelo de dois gigantes que buscam a recuperação dentro do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG venceu o Flamengo no Mineirão por 2 x 0 neste domingo (19/6). Nacho Fernández aproveitou rebote aos 34 da primeira etapa e marcou o primeiro. Na segunda etapa, Ademir aproveitou ajeitada de Hulk e decretou a vitória.

Apesar da maior intensidade física ao invés da inspiração e bom futebol, as duas equipes fizeram uma partida disputada pela 13ª rodada. Cirúrgico, o Galo se aproveitou as poucas chances claras que teve e decretou a vitória diante de um Mineirão lotado.

Com o resultado, a equipe mineira retornou ao G4 na 4ª posição com 21 pontos. O Flamengo caiu para a 12ª colocação.

As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira (22/6), quando fazem a partida de ida pelas oitavas de final da Copa do Brasil no Mineirão.

Resumo da partida

Correspondendo com a expectativa que se criou para o clássico nacional, Atlético-MG e Flamengo protagonizaram um primeiro tempo movimentado, mas com poucas chances para os dois lados. Apesar das tentativas da equipe carioca, foi o Galo quem teve maior controle por boa parte dos 45 minutos.

Apesar do domínio atleticano, Andreas arrisco de longe e obrigou Everson a fazer duas boas defesas na primeira etapa. Mesmo tendo investindo na velocidade, foi na jogada trabalhada e na paciência que o Galo conseguiu balançar as redes.

Aos 34 minutos de jogo Arana cruzou a bola na área, Keno desviou e obrigou Diego Alvez a espalmar, no rebote, Nacho empurrou para marcar, 1 x 0 Atlético.

Na segunda etapa, o Galo adotou uma postura mais recuada e passou a utilizar os contra-ataques como maior arma ofensiva da equipe. O Rubro-negro aproveitou o espaço dado pelo adversário e começou a ter mais a posse de bola, mas sem conseguir finalizar com perigo.

Quando a partida caminhava para um fim com apenas um gol, veio a surpresa. Em mais um contra-ataque rápido, Mariano levantou a bola para Hulk, que ajeitou de cabeça para Ademir marcar o segundo.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!