Bolsonaro, sobre morte do filho de Caiado: “Não há dor maior para um pai”

Bolsonaro, sobre morte do filho de Caiado: “Não há dor maior para um pai”
“não há dor maior para um pai ou uma mãe do que perder um filho”.

03.07.22 17:37

Ronaldo Ramos Caiado Filho tinha 40 anos; a causa da morte ainda não foi informada

Bolsonaro, sobre morte do filho de Caiado: “Não há dor maior para um pai”

Foto: Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro (foto) se manifestou neste domingo (3) sobre a morte do filho do governador Ronaldo Caiado. Em publicação no Twitter, o presidente disse que “não há dor maior para um pai ou uma mãe do que perder um filho”.

Ronaldo Ramos Caiado Filho tinha 40 anos. A causa da morte ainda não foi informada.

“Minha solidariedade à família e ao Gov. Caiado pelo passamento de seu filho, Ronaldo Caiado Filho. Não há dor maior para um pai ou uma mãe do que perder um filho. Peço a Deus que, em sua infinita bondade, cuide da alma daquele que parte e conforte o coração de quem permanece”, escreveu Bolsonaro.